X

Minha Dedicação Especial

Fique por Dentro

universa uol

O "Sem Filtro" de hoje (11) falou sobre os impactos psicológicos que uma cirurgia pode trazer, principalmente quando não tem fins estéticos. Há quatro meses, a atriz Lorena Comparato passou por um procedimento no nariz devido a uma fratura antiga. Ela sofreu ao ver o resultado, ficou deprimida e ainda não se sente 100%.

"O médico foi claro comigo desde o começo, disse que meu nariz estava 'derretendo' e que isso poderia ocasionar problemas de saúde. Um dos riscos era de que ele mudasse, ficando mais fino e arrebitado, algo que não queria. Foi uma decisão muito difícil", disse a Universa.

Ao ver o rosto diferente, ficou abalada. "Eu chorava. Era um desespero muito grande. A imagem realmente me incomodava muito", conta. Ela chegou a achar que não conseguiria mais trabalhos como atriz e que seu namoro acabaria.

Ajuda psicológica é bem-vinda

Lorena levou um mês para perceber que precisava de ajuda médica para tratar o trauma."Sou diagnosticada com TDAH. Sofri tanto que nem pensei em falar com a minha psiquiatra. Não via saída, estava entrando num buraco profundo", conta.

O cirurgião plástico Guilherme Guardia Mattar ressalta a importância de o médico deixar claro o que pode acontecer no pós-cirúrgico. "É necessário entender que será uma troca. Pode ser uma flacidez por uma cicatriz ou, como no caso da Lorena, uma mudança no nariz para um ajuste ósseo. Temos que avaliar o custo-benefício dessas trocas."

Nesses casos, o amparo psicológico é essencial. "Se o paciente não estiver no melhor momento para um procedimento, é importante o acompanhamento antes da cirurgia", completa.

A psiquiatra Maria Fernanda Caliani, especialista em terapia cognitiva comportamental, diz que devemos prestar atenção ao nosso comportamento após uma cirurgia. "Busque um psiquiatra quando sentir que o sentimento sobre o que vê está ficando intenso, mesmo com a ajuda da terapia", explica.

A médica de Lorena "receitou", como parte do tratamento, que ela se encontrasse com o namorado. Contar com apoio da família e de amigos, e também se acolher, é importante, afirma Maria Fernanda. "Seja gentil consigo mesma e entenda que o corpo leva um tempo para se readaptar. É preciso paciência."

Fonte: https://www.uol.com.br/universa

membro da sociedade brasileira de cirurgia plástica
 Associação Brasileira de Cirurgiões Plásticos
Olha o carinho dos meus pacientes...

O Dr Guilherme foi extremamente atencioso desde o momento que nos conhecemos até após a cirurgia. Extremamente profissional e dedicado, procurando fazer sempre o melhor para seus pacientes. Fico muito feliz e agradecido por ele ter me proporcionado a liberdade que sempre desejei. Aqui deixo meus agradecimentos e desejo que outros possam ter sua liberdade concretizada assim como eu. Que seu profissionalismo e dedicação continue trazendo felicidades para todos aqueles que a buscam. Muito obrigado Dr.

Lucca Miranda

Fiz a cirurgia de mastectomia através do SUS e não tenho o que reclamar, atendimento muito bom do doutor Guilherme e agora com 36 dias os resultados estão bem positivos. Do processo todo fiquei bem surpreso por não sentir muita dor e ter sido tudo bem tranquilo, nunca tinha passado por uma cirurgia, porém após conhecer o médico senti segurança e diminuiu minhas inquietações com essa cirurgia que esperei por anos. Ainda parece que estou vivendo um sonho. Não vejo a hora de poder ir para a praia e viver plenamente esses resultados.

Kairosa

Super indico dr Guilherme ele é maravilhoso nas explicações,prestativo com seus pacientes só tenho agradecer. muito sucesso dr Guilherme.

Rubi Folha

Dr Guilherme é muito atencioso e atendeu a todas as minhas expectativas! É

Ana Carolina Zschornak da Silva

Para você que mora no interior de SP, em outro Estado ou em outro País, agendamos e realizamos seu acompanhamento online até próximo da cirurgia.

Feito por MedicosSites

whatsapp Agende aqui sua consulta