X

Minha Dedicação Especial

Fique por Dentro

Mastopexia

O Guia completo sobre Mastopexia ou Lifting de Mama

O que é mastopexia?

Apesar do nome mais difícil, explicar a mastopexia é bem simples: ela consiste no procedimento cirúrgico que reposiciona os seios para uma posição mais alta, ou seja, ela levanta as mamas.

Para que serve?

Sempre falo para as pacientes que o corpo feminino está sempre mudando e desde que os seios se formam na adolescência, ele está submetido um processo natural de “decaimento” e flacidez. Além disso, é completamente normal que, em alguns casos, os seios sejam assimétricos ou pendentes, principalmente em casos em que há a perda de peso. A mastopexia é o procedimento cirúrgico desenvolvido para corrigir essa situação e reposicionar os seios.

Quando Considerar a Cirurgia?

Aconselhamos a mastopexia para pacientes que têm problemas de autoestima diretamente relacionados ao decaimento seios, que pode ocorrer por diversos fatores, desde o envelhecimento, a perda de peso, fatores hormonais ou até após a gestação. Pacientes que optam pela cirurgia geralmente são aquelas que, por exemplo, têm experiências ruins e incômodas em situações corriqueiras e que deveriam lhe fazer bem, como uma ida à praia ou à piscina.

Prós

A mastopexia tem um benefício muito valorizado por diversas pacientes que é o “levantamento” dos seios. Mas ressalto, sempre, que há outros benefícios importantes associados ao procedimento. Desde a renovação da autoestima e um ganho substancial na qualidade de vida até a autoconfiança para fazer exercícios e realizar atividades ao ar livre, o que é um ganho enorme para a saúde.

Contras

Aqui entra aquele alerta que sempre faço: como todas as cirurgias, é importante o cirurgião se posicionar com 100% de transparência e informar o paciente sobre os riscos envolvidos, como a possibilidade de infecção, assimetria das mamas, descoloração da pele na região ou a variação da sensibilidade.

Mas calma. Esses efeitos adversos raros e, com a tecnologia atual, além do constante aprimoramento de excelência técnica conseguimos diminuir e tratar os mesmos.

Outra situação importante a relatar é que o pós-operatório implica em algumas limitações temporárias e alguns incômodos, como o repouso de alguns dias ou poucas semanas. No entanto, tudo passa bem rápido em comparação ao efeito positivo duradouro obtido com esse procedimento.

Quem pode e quem não pode fazer a cirurgia?

É importante que cada paciente consulte o médico cirurgião para avaliar o seu caso. Mas, a princípio, todas as mulheres que compartilham dos problemas descritos acima estão aptas à cirurgia. Alguns quadros podem ser impeditivos, portanto, ressalto: é importante consultar-se com o cirurgião para uma avaliação precisa e o melhor encaminhamento. Não tire conclusões precipitadas sobre o seu caso.

Escolhendoo cirurgião seu cirurgião plástico

Uma vez que você se identificou com as necessidades descritas e decidiu realizar a mastopexia, vem o passo mais importante de todos: escolher o seu cirurgião.

Sempre opte pelos e pelas profissionais membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), especializados na área e que tenham, ao mesmo tempo, experiência comprovada e constante atualização.

A mastopexia é um passo importante para a autoestima da paciente. Por isso, é fundamental que você entre em contato com o cirurgião ou sua clínica para tirar todas as suas dúvidas. Como sei do impacto positivo que esse procedimento pode causar, sempre responderei a todas as suas dúvidas com prazer.

Aliás, se você ainda tem dúvidas depois deste artigo que eu e minha equipe preparamos para você — e é normal ter —, pode entrar em contato direto comigo pelo WhatsApp.

A Consulta

A consulta é um momento de ouro de todo o processo que envolve a mastopexia. É nela que esclarecemos todas as dúvidas, que a paciente tem a oportunidade conhecer melhor a mim, minha filosofia de trabalho e a minha experiência e, ainda, ter o melhor preparo possível para um procedimento tranquilo e uma recuperação bem-sucedida. A confiança e a parceria que é forjada na consulta é indispensável para o sucesso do procedimento.

Aqui vão algumas perguntas importantes que você pode e deve fazer durante a consulta:

  • Essa cirurgia é indicada para o meu caso?
  • Qual técnica é recomendada para o meu caso?
  • Minha cirurgia será realizada em que local?
  • Quais os riscos e complicações associados a este procedimento?
  • Para que a cirurgia tem o melhor resultado possível, o que eu preciso fazer?
  • Como é a recuperação e quanto tempo ela dura?
  • Vou precisar de ajuda dos meus familiares nesse período? O que preciso falar para eles me ajudarem na recuperação?
  • Como devo esperar que fique meus seios após esse procedimento?
  • Tipos de Cirurgia
  • Os tipos de mastopexia são classificados pelo tipo de incisão. São três:

Periareolar

É um procedimento em que o corte se detém apenas a aréola. É menos frequente, utilizado em casos em que não é necessário remover alta quantidade de pele.

Periareolar e Vertical

Neste caso, a auréola também é referência para o corte, mas, além dele, fazemos uma incisão vertical na parte de baixo do seio. É feito quando o mamilo precisa subir, mas não é necessário retirar muita pele.

T-Invertido

Esta técnica soma as duas anteriores a um outro corte na parte inferior do seio, daí o nome: T invertido. É a mais comum, usada em casos em que se faz necessário remover uma quantidade maior de pele.

A cirurgia dura, em média, de 4 a 6 horas e pode ser realizada com anestesia peridural ou geral.

Cicatrizes

Nós sempre buscamos realizar incisões cuidadosamente planejadas de acordo com cada paciente, para que as cicatrizes sejam as mais discretas possíveis. No geral, as cicatrizes são bem discretas, umas mais que outras, e podem demorar até meses para estarem “completamente discretas”. Observe as orientações do cirurgião para a melhor recuperação.

Mastopexia e a Prótese de Silicone

A mastopexia pode ser feita aliada à mamoplastia de aumento (prótese de silicone); no entanto, sua necessidade vai de caso a caso, a depender dos objetivos estéticos da paciente e de suas condições, sempre contando com minha orientação e experiência.

Quanto custa a mastopexia?

É importante ressaltar que procedimentos cirúrgicos, que envolvem diversos fatores e para o qual a experiência do cirurgião é determinante, os valores são definidos junto ao paciente após uma criteriosa avaliação médica.

Esse valor é definido de acordo com a experiência do cirurgião, os objetivos específicos da paciente e sua condição física. Seria até injusto com as pacientes “tabelar”, previamente, um preço. Cada caso é um caso e precisa ser avaliado com critério, cuidado e atenção individual para o melhor custo-benefício para cada paciente.

Cuidados Pré-Operatórios

No dia anterior.

É recomendado tomar banho com sabonete antisséptico, depilar com cuidado a região (se for o caso), fazer refeições leves e, antes da cirurgia, um jejum de 8 horas, incluindo líquidos. Recomenda-se, também, não ingerir ácido acetil salicílico (Aspirina, Bufferin, AAS), anti-inflamatório (Voltaren, Cataflan), arnica, gincobiloba e outras drogas.

No dia da cirurgia.

De novo, tomar banho usando sabonete antisséptico, usar roupas leves e fáceis de vestir, evitar maquiagens, cosméticos e joias e levar, em uma bolsa, seus itens pessoais para o centro-cirúrgico:

  • Sutiã cirúrgico que usará após a cirurgia;
  • Meia elástica anti-trombose;
  • Exames pré-operatórios;
  • Outros itens de uso pessoal.
  • Qualquer outra dúvida, pergunte antes ao médico.

Atenção: Se você ingere algum medicamento de uso regular, não deixe de informá-lo ao cirurgião para uma orientação correta.

Pós-Operatório É indispensável que, para o melhor resultado, o paciente siga as instruções do cirurgião à risca.

Para todas as cirurgias, recomenda-se uma série de cuidados, como:

  • Nos primeiros dias, evitar dirigir e ficar em repouso;
  • Restringir os movimentos dos braços por 15 dias;
  • No primeiro mês após a cirurgia, usar apenas o sutiã pós-cirúrgico;
  • Evitar exercícios físicos nas primeiras semanas;
  • Dormir de barriga para cima por algumas semanas;
  • Proteger a região de exposição solar;
  • Seguir todas as orientações específicas do médico e realizar o acompanhamento médico.
  • A definição de quantos dias de restrição para cada atividade é dada pelo médico. Mas, em média, a recuperação do pós-operatório gira em torno de 30 dias.

Recuperação

A recuperação é relativamente tranquila, observando sempre as restrições de movimento aliada às orientações médicas e o acompanhamento. A depender de cada caso, as limitações podem ser maiores e o apoio de outros profissionais pode se fazer necessário. Mas é raro.

Conclusões

Portanto, a mastopexia é uma técnica para o levantamento das mamas que atende a praticamente todas as mulheres em situações e condições físicas diferentes, trazendo resultados naturais e satisfatórios e renovando a autoestima delas. O pós-operatório tem como principal característica realizar os cuidados com peso, movimentos e outras precauções que o cirurgião orientará para cada paciente.

membro da sociedade brasileira de cirurgia plástica
 Associação Brasileira de Cirurgiões Plásticos
Olha o carinho dos meus pacientes...

O Dr Guilherme foi extremamente atencioso desde o momento que nos conhecemos até após a cirurgia. Extremamente profissional e dedicado, procurando fazer sempre o melhor para seus pacientes. Fico muito feliz e agradecido por ele ter me proporcionado a liberdade que sempre desejei. Aqui deixo meus agradecimentos e desejo que outros possam ter sua liberdade concretizada assim como eu. Que seu profissionalismo e dedicação continue trazendo felicidades para todos aqueles que a buscam. Muito obrigado Dr.

Lucca Miranda

Fiz a cirurgia de mastectomia através do SUS e não tenho o que reclamar, atendimento muito bom do doutor Guilherme e agora com 36 dias os resultados estão bem positivos. Do processo todo fiquei bem surpreso por não sentir muita dor e ter sido tudo bem tranquilo, nunca tinha passado por uma cirurgia, porém após conhecer o médico senti segurança e diminuiu minhas inquietações com essa cirurgia que esperei por anos. Ainda parece que estou vivendo um sonho. Não vejo a hora de poder ir para a praia e viver plenamente esses resultados.

Kairosa

Super indico dr Guilherme ele é maravilhoso nas explicações,prestativo com seus pacientes só tenho agradecer. muito sucesso dr Guilherme.

Rubi Folha

Dr Guilherme é muito atencioso e atendeu a todas as minhas expectativas! É

Ana Carolina Zschornak da Silva

Para você que mora no interior de SP, em outro Estado ou em outro País, agendamos e realizamos seu acompanhamento online até próximo da cirurgia.

Feito por MedicosSites

whatsapp Agende aqui sua consulta